Endereço
Av. Gisele Constantino, 1850
- Parque Bela Vista, Votorantim - SP,
18110-650
Contato
15 3357-9875
Segunda - sexta 9:00 as 18:00
Back

6 dicas de como fidelizar os clientes do seu comércio

Quem vive das vendas e satisfação do consumidor, em lojas físicas, já deve ter percebido que o advento e popularização do e-commerce trouxeram desafios múltiplos às vendas diretas.

Mas você sabia que as lojas virtuais não precisam ser vistas como inimigas do seu negócio, mas uma saudável concorrência que exige a necessidade de reinvenção das lojas físicas?

E uma dessas grandes ferramentas é o contato direto com o cliente, que é o verdadeiro trunfo das lojas físicas. Pois, por meio dele, você conquista diversas maneiras de fidelizar o consumidor e, assim, aumentar as receitas.

Confira algumas dicas que selecionamos para você fidelizar o cliente do segmento de varejo!

1 - Esteja preparado para surpreender seus consumidores

Como você pode superar a facilidade de comprar on-line e receber em casa? Encantando o seu consumidor desde o primeiro atendimento, isso é fato.

Para isso, uma boa maneira de surpreendê-los, e fazê-los voltar à sua loja, é antecipar as necessidades deles. Ele deseja um eletrodoméstico para a cozinha? Que tal uma promoção para ele levar outro produto que complemente a experiência do produto desejado?

É importante que você o faça ver, e perceber, necessidades que sequer sabia possuir.

2 - Um bom atendimento é a melhor experiência

Como dissemos anteriormente, o contato pessoal com o cliente é uma poderosa ferramenta à disposição da sua equipe de vendas.

Isso implica um treinamento dedicado e contínuo para que eles possam oferecer a melhor experiência para os seus consumidores. Excelência no atendimento gera indicações e novas visitas desse mesmo cliente.

Personalizar o atendimento é o primeiro passo e, na sequência, não se esquecer: a venda não se encerra após o pagamento. O pós-venda é fundamental para o cliente se sentir especial e perceber que suas necessidades são compreendidas e atendidas.

3- Crie o valor da sua marca

Nem sempre, os descontos agressivos trazem o resultado desejado para os lucros da sua empresa. Por isso, que tal inverter a ordem e, primeiramente, gerar o valor da sua própria marca?

Por exemplo: por que alguém gastaria alguns reais a mais no seu produto ou serviço, em relação à concorrência? Simples: porque você, seguindo a primeira dica deste texto, já deve ter se preparado para surpreender o seu consumidor.

Isso significa a combinação de produtos que gerem diversos benefícios à compra, serviços de garantia estendida e até mesmo descontos maiores na aquisição de mais produtos.

Conhecendo a fundo o seu mercado, a concorrência e os perfis de consumidor, você gera um valor maior à sua marca.

4 - Cadastre seus clientes

Falamos, anteriormente, sobre o perfil do consumidor. Mas como você se informa sobre os perfis deles?

Basta fazer um cadastro deles, com informações gerais e interesses de compras, entre outros dados. Assim, você pode personalizar promoções, enviar lembranças em datas comemorativas, como o aniversário deles, e reforça a ideia de que cada consumidor que vai à sua loja não é um dado estatístico, mas um indivíduo com necessidades e exigências únicas.

5 - Invista em programas de fidelização

Outra ferramenta útil para reter os clientes são os programas de fidelização.

A tática é antiga, mas ainda funcional. Quanto mais compras, mais descontos em futuras compras ou o acúmulo de pontos pode ser trocado por outros produtos e serviços.

Você é quem manda, pensando, principalmente, nas exigências dos seus clientes — algo que você descobre criando um cadastro deles.

6 - Crie os seus próprios canais digitais para falar e vender aos seus clientes.

A maioria das empresas, mesmo as de pequeno porte, já perceberam que é fundamental estar no ambiente online, seja no Instagram e Facebook, seja em um site. Elas entenderam que estes pontos de contato são fundamentais para possibilitar um contato ágil e eficiente com seus clientes.

Mas uma vez que estes canais existem e são utilizados, por que não os aproveitar para vender também? Inúmeros comércios, mesmos os que não têm site de vendas, já realizam atendimentos para venda direto pelo Whatsapp ou facebook, obtendo ótimos resultados.

Viu como é possível bater de frente com as lojas virtuais e fidelizar clientes no varejo? Então comece agora mesmo a aplicar esses conceitos nas suas lojas e boas vendas!

soulrocket
soulrocket

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Usamos cookies para lhe proporcionar a melhor experiência!